Loading...

sábado, 28 de junho de 2014

O ERRO DE CHARLES SWINDOLL

Estava lendo dois livros de Charles R. Swindoll: "Paulo, um homem de coragem e graça"; "Davi, um homem segundo o coração de Deus", ambos da editora Mundo Cristão,São Paulo, 2003.
Bons livros, ensinamentos da vida desses dois personagens que nos fazem ser mais crentes. Ele não segue a linha do comentário hermenêutico nem exegético, mas é um profundo conhecedor da Palavra de Deus, e um comentarista bastante conceituado nos EUA. Mas, percebi que ele segue a linha cessacionista, ou seja, que Deus não fala audivelmente nos dias de hoje, com o seu servo, nem que os dons são para os dias de hoje. Discordo dele. E muito.
Por exemplo, no livro sobre Paulo, na página 217, ele diz o seguinte: "antes das escrituras serem completadas, Deus às vezes comunicava a sua vontade em visões e, mais  frequentemente, em sonhos." Depois, ele diz no livro sobre Davi, na página 280: "Naqueles dias, Deus falava audivelmente com o seu povo. Agora que temos a Bíblia para ler e dar-nos diretrizes, Deus fala conosco diretamente na sua Palavra. Naqueles dias, porém, Deus falava com seu povo em sonhos e visões, e assim como mediante indivíduos designados, tais como juízes, líderes e profetas."  Ele realmente acredita nisso. É uma fé que restringe o que Deus pode fazer. Ele não pode ser pragmático aqui, antes, deve dizer que não crê que Deus fala hoje em dia assim, mas não que ele não fala. Não existe nada nas escrituras que afirme isso. Falta de fé em Cristo, e no que diz Hebreus no capítulo 13.8, que Jesus ainda é o mesmo ontem, hoje, e o será eternamente. 
Ele, Iavé, fala hoje em dia sim, só que nem todos creem. E há muitos presbiterianos que creem nos dons espirituais para hoje,como o reverendo Sam Storms, dos EUA, mas a maioria não crê assim, o que não muda nada em relação a isso. Se eles não creem, Deus não opera maravilhas, como não operou em Nazaré, por causa da incredulidade deles. Acredito que por isso não há a operação de maravilhas e milagres nessas igrejas, pois a falta de fé impede. Quando  Jesus curava alguém, dizia que era pela fé que a pessoa estava sendo abençoada, o que subtende que se não houvesse fé, eles não receberiam nada.Quando Pedro e João curaram o aleijado à porta formosa, viram antes que ele tinha fé para ser curado;se ele não tivesse fé, não seria curado.
É por isso que não creio no que Charles escreveu. Sou pentecostal, e acredito que os dons são para hoje. Eles que não creem nisso. Comamos a carne, e a espinha, joguemos fora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário