Loading...

sábado, 17 de outubro de 2015

BENFICA: PEÇAM UM PROJETO A DEUS


Foi abençoado mesmo, o culto de Benfica nesse sábado. A graça de Deus foi derramada mais uma vez sobre nossas cabeças, e nossa adoração fruiu como um rio.
Cheguei perto das dez horas; infelizmente, para quem vai de ônibus é ruim. Mas cheguei e já senti a presença de Deus e ele falou comigo. O clima celeste ali é palpável
A irmã, como sempre, cantou dois hinos, contou umas experiências e deu palavras de consolação a nós. Sempre canta o hino 386. Todo sábado ela canta ele. Depois das dez horas, o templo lotou. Mais cânticos e um dos músicos contou como Deus o curou de duas doenças que o fizeram ficar mais de um ano na cama, e o fizeram engordar muito. E o remédio era de 800 miligramas. Grande foi o sofrimento, até que recebeu um convite para cantar numa congregação no Rio de Janeiro. Não podia ir, mas foi. Chegando lá, depois de ser chamado a cantar um hino, e nesse hino Deus, usando um dos ministros, disse que naquele dia estaria curando-o dessas enfermidades. E o milagre aconteceu na hora! Ele sentiu um fogo no seu corpo, que arrepiaram seus cabelos. Para quem não podia nem andar direito, saiu pulando de alegria e poder do céu, como aquele paralítico do capítulo três de Atos. No mesmo dia jogou todos os seus remédios no lixo. Até hoje não sente mais nada. Glória a Deus!
Pouco depois tivemos a palavra pelo irmão evangelista Natanael Ballet, um dos ministros da Assembleia de Deus de Recife. Leu em 2 Reis 22. 14-20, o qual fala do rei Josias, o reformador de Judá, o qual foi fruto de uma profecia de trezentos anos antes, grafada em 1 Reis 13; tendo se cumprido letra por letra. Ele tirou toda a idolatria e feitiçaria, desde o rei Salomão até Manasses, o rei-feiticeiro de Judá. O irmão saiu explicando a hermenêutica e o sentido do texto, e o contexto histórico. Parecia mais uma aula de Escola Dominical, no começo, mas depois veio o azorrague, e o óleo de Deus, a verdade bíblica sem máscara, como o irmão Natanael gosta, do jeito que Deus quer.
Disse ele que, antes de vir o milagre, a benção, a transformação, deve o adorador deixar que Deus o santifique, ele deve deixar que Deus tome conta de sua vida. “Entregue-se primeiro a Deus, para que depois tudo ao seu redor seja transformado”, disse o pregador.
Uma das experiências que ele falou foi de uma crente, que sendo ele ainda solteiro, o viu, numa visão pregando na tv, sendo ele ainda adolescente! Também outra irmã viu isso, e só disse a ele depois que se cumpriu a Palavra. Deus é fiel. Falou que seu pai, antes de morrer, pediu que sua esposa não desse nenhum dos filhos, pois Deus iria usar eles para a sua glória, os faria pregadores da Palavra.
Exortou aos irmãos a pedirem um projeto de Deus para seus filhos, que orassem por isso, para que a geração que viesse palmilhe o caminho que tenham trilhou para eles. O ensinamento foi rico demais, e fomos fortalecidos a orar mais, e ser um crente melhor. Foi uma palavra dura, mas cheia de unção de Deus.
Peçamos um projeto de Deus para nossa família, lutemos para isso, orando, ensinando a Palavra e intercedendo. É preciso combater aquilo que nos combatem, para que nossa família não seja sugada por esse mundo caído.
Graças a Deus que fui adora-lo ali; saí melhor e mais confortado pelo seu Espírito. Sempre que puder, irei.










Um comentário: