Loading...

sexta-feira, 28 de março de 2014

OS MISSIONÁRIOS DO FACEBOOK


Todo mundo quer um título, um nome, algo que dê fama. Isso tem se notado muito ultimamente. As pessoas querem algo que dê status a elas, de modo que tenham fama. No Facebook tem bastante disso. São pessoas com título de missionários, pastores, apóstolos. É  grande a moda.
Imagine alguém ser chamada de missionária, mas passa a maior parte do tempo no Facebook, conversando com todo mundo,desabafando,mal conhecendo a Bíblia, mas quer ser chamado de missionário, mal sabendo se expressar? Eles pensam que isso é só um título, vão em busca de fama e dinheiro, querendo parecer mestres mas nem sequer chegando perto disso. Em Antioquia foi a igreja que separou, e Deus quem guiou eles nisso. Isso está em Atos 13.
Conversei com uma "missionária" que mal sabia distinguir o que era Bíblia, de filosofia barata. Não sabia conceitos básicos da Palavra, nem sequer sabia se expressar em português, apenas tinha o título de missionária, algo tão sério que dá até medo saber que alguém use isso em vão. São mesmo pessoas sem noção.
Conversei com uma  dia desses, e ela falava mal do marido o tempo todo, deprimida, sem noção, levando cantadas de todo mundo, pondo fotos expondo seu corpo, e fazendo outras coisas, menos missões. Da mesma forma são os "apóstolos", que envergonham a igreja querendo ser o que não são, mesmo por que esse título não cabe em ninguém, pois os últimos já morreram há uns dois mil anos. Claro que nao só os doze eram assim chamados, mas outros como Barnabé e Paulo também o eram, como Apolo.Mas hoje em dia alguém ser chamado assim é uma aberração, no mínimo uma presunção. Não existe ninguém, hoje em dia, que pode ostentar um título desse, por razões óbvias. É muita presunção.
Conversei com uma "pastora" um dia, e ela me disse que seu marido não gostava que ela falasse com ninguém na rede social, mas mesmo assim passava o tempo todo no Face. A hora que eu entrava a encontrava lá, e era pastora.Certa vez, ao se despedir, ela disse que ia jogar, por isso ia sair do bate-papo.  Será que não tinha nada para fazer? Por exemplo, orar por todos, pela igreja, pelos missionários e tudo o mais.Pela fome na África, por todos os perseguidos nos países que perseguem a igreja. Muitas coisas.
Outro título muito usado é o de levita, esse, mais sóbrio, da até para aceitar, pois mesmo na minha igreja os cantores são assim chamados. Mas é bom saber que um levita era primeiramente um trabalhador na obra, não só cantor. Faziam tudo. Mas até esses levitas do Face são estranhos, buscam mais fama que tudo. 
Há também os pastores que são tudo, menos isso. Claro que não são todos, mas boa parte deles só ostentam o nome, não têm preparo para ser isso. Nem de longe. Alguns nem igreja têm, não sei como são pastores. Perguntem quanto tempo oram por dia, ou quantas vezes leram a Bíblia. Com certeza nenhuma vez. Eles nem sequer sabem o que é isso. Só querem fama, dizendo e pregando heresias de todas as formas.
Esses missionários do Facebook, e demais títulos, deveriam passar o tempo orando lendo a Bíblia, ou outra coisa, como visitar os enfermos.Seria melhor para eles, em vez de ficar horas e horas perdendo tempo nessa rede social, com suas vaidades desenfreadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário