Loading...

segunda-feira, 24 de março de 2014

O PASTOR JÚNIOR NO CULTO DE DOUTRINA


Sem palavras.Qualquer coisa que diga aqui é pouco para retratar o culto de doutrina dessa penúltima segunda-feira de março.O pastor Júnior foi quem deu a palavra por duas semanas seguidas em Êxodo 16.1-4. Que palavra!
O templo, como sempre, lotado, com comissões, corais da área treze a quinze, e outros órgãos e cantores. Foi uma palavra substanciosa sobre a perseverança no deserto e a providência de Deus em proteger o crente no mesmo, já que ele sabe de tudo, é previdente, Onisciente, e faz o que quer. 
aprendemos que o deserto pode ser um esconderijo, onde Deus nos guarda do mal, mesmo que pareça que ele nos tenha deixado, como no caso de Jose, o qual sofreu debaixo da vontade de Deus, coisa que nem ele nem seus irmãos imaginavam que iria que iria acontecer, e terminar como terminou.
.Ele é a providencia no deserto, para onde leva o crente, mesmo que agora o crente não esteja  mais perante as doze fontes e as setenta palmeiras, mas Deus o protege do mal. Mesmo que ninguém entenda, nem consiga ver o final, mesmo que o próprio provado por Deus não entenda alguma coisa, Deus é a providência certa.
Ele relacionou com a história de Jose, e como o Senhor o salvou do mal, usando as circunstâncias difíceis pelas quais passou. Falou também no Salmo 31. 19, e foi maravilhoso a palavra e o ensinamento. Com certeza muita gente foi consolada hoje, e edificada, pois Deus sabe como falar a cada uma, e do que cada uma precisa. Uma irmã perto de mim chorava que soluçava. Todos nós fomos consolados com a consolação das Escrituras.
Gostei de ter ido ao culto. Estava bastante triste, e Deus me confortou um pouco; às vezes não conseguimos esquecer os problemas, mas Deus sabe dos pesares. o que o crente precisa é deixar que cuide de tudo, usar a fé.
A forma como o pastor Júnior falou dos exemplos de José, Moisés e Jairo, foi muito linda, e também sobre o Salmo 46. Glória a Deus por isso.
o pastor Aílton estava em viagem, e iria chegar nesse mesmo dia, mas não no horário do culto.  Mas Deus é fiel. Foi providência nessas duas semanas. Que alimento espiritual! A palavra de Deus é mesmo poderosa e eficaz e merece todo o nosso respeito, pois ela é o próprio Cristo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário