Loading...

terça-feira, 30 de novembro de 2010

CONGRESSO DA MOCIDADE EM RECIFE

Os jovens de Recife este triunfando sobre a carne. Este é o tema do congresso da Mocidade de Recife neste ano. Cada não tem sua peculiaridade. Este ano teve a sua.

No sábado o número foi bem reduzido em relação ao ano passado. O que marcou este ano foi a tenda enorme, na qual cabe 2000 pessoas sentadas, segundo o pastor Ailton. Realmente tinha muita gente sentada. Havia, nessa área, dois telões enormes para que o culto pudesse ser visto. O som estava bom. Límpido. Havia mais jovens e adolescentes do que adultos, pois geralmente só os adultos e idosos que ficam sentados. O número de jovens aumentou mesmo, consideravelmente.

Havia até mesmo um número muito reduzido de ministros sentados no púlpito. Nem na festa dos adolescentes o número foi tão pouco. Pode ser que nesse dia houve festas em suas congregações. Fora isso, não se pode explicar a verdadeira razão disso. Podia-se vislumbrar o pastor Ailton, presidente da Convenção Estadual e da igreja de Recife; pastor Samuel, vice presidente da igreja; o pastor Josiel Soares, o pregador da palavra ungida; Jeferson Aleluia, evangelista; o pastor Junior, o pregador erudito,e entre outros. A bancada estava quase vazia, se não fosse por esses citados. Os outros ministros fizeram falta. Bonito é quando estão todos ali sentados.

O Grande Coral estava espetacular. Enorme. Nunca o vi assim tão grande.A grande novidade foi que o regente não foi mais Flávio torres, que praticamente mandava sozinho nesses dias de Congresso da Mocidade. A doença o impossibilitou de ficar de frente dessa obra. O irmão Sandine foi chamado para assumir e ensaiar o esse coro. Regeu com segurança e desenvoltura. Outra surpresa foi o primeiro tenor que solou um dosa hinos irmão Cesar, do Córrego do Botijão. O mesmo é filho da irmã sara, tendo feito o curso básico de música na mesma igreja e aperfeiçoado sozinho. Praticamente é um autodidata. Também o mesmo é vice regente no coral masculino de Casa amarela. Daqui a um tempo, certamente estará também regendo esses jovens, pois tem talento e daqui para lá terá se aperfeiçoado mais. O irmão Sandine estudou no Seminário Batista do Nordeste, onde há um curso teológico e de música bem concorridos. Impressionante a voz de Cesar. Imponente, firme, procurando mostrar segurança, embora não escondesse que estava nervoso por estar ali na frente sendo assistido por mais de cinco mil pessoa no Templo Central além do milhares que estavam assistindo ao culto pela internet. Sua interpretação foi tanto musical quanto expressiva. Foi uma boa performance, para a glória de Iaohu. Dói hinos foram cantados pelo grande coral e todos os dois regidos pelo maestro Sandine.

Dava para se perder naquela multidão de gente. Dentro e fora.chegou uma hora que tiveram de proibir a entrada de irmãos, a não ser que saíssem uma parte, com agora acontece todos os anos por causa do ar-condicionado, que mesmo sendo potente, não funcionará bem se o número ultrapassar o normal. Os jovens, que não quiseram entrar para cultura ficaram lá fora, no point ,conversando, e muitos deles até paquerando as garotas mais incautas, que também ,infelizmente, vão ali não para adorar a Deus, mas para espairecer, se livrar um pouco da vigilância dos familiares e se soltar um pouco. Nos olhos desses jovens se vê a expressão da rebeldia, como se cultuar fosse algo tão fútil para eles. As que se deixam levar terminam no final com responsabilidades que não deveriam ter nem tão cedo.

A mensagem foi baseada em Gn capítulo 41.31-38, que fala sobre José, o jovem que triunfou sobre a carne. Uma boa mensagem dada pelo pastor convidado. No começo não pareceu muito bem o pastor, mas na metade para o final o espírito santo foi aquecendo os corações e Iavé falou com muitos ali. Terminou de mais de nove horas de noite. O pastor chamou os jovens para serem batizados com o Espírito Santo, e, como acontece sempre, muitos deles foram, embora um grande número também ficou apático.

Outros anos virão e sempre trarão muitas novidades para o nosso congresso da Mocidade. Recife ficará mais uma vez embebido no poder de Deus.



Nenhum comentário:

Postar um comentário